Corretor online das 09h às 18h

Atendimento por e-mail

Central de Vendas (41) 3029 5011 das 09h às 18h

Corretor online das 09h às 18h

Atendimento por e-mail

Central de Vendas (41) 3029 5011 das 09h às 18h

Corretor online das 09h às 18h

Atendimento por e-mail

Central de Vendas (41) 3029 5011 das 09h às 18h

Piscina também é coisa séria

Não é de hoje que as piscinas despertam uma grande atração nas pessoas. Seja no clube, na casa da praia, num hotel ou na área comum de um condomínio ou edifício localizado na cidade, lá estão elas sempre à disposição para um irresistível mergulho refrescante. Mas quem pensa que para ter uma piscina é só aprender a nadar engana-se! Além de conhecer sua estrutura e funcionamento, também é fundamental aprender como tratar a sua água para evitar alergias, acidentes e demais doenças.

Com o tema “Tratamento de Água das Piscinas Residenciais”, a Invespark realizou no início desse mês, um novo encontro do Clube do Zelador que reuniu um grupo de mais de 10 pessoas para uma palestra especialmente elaborada e ministrada pela Genco (indústria de produtos químicos para tratamento de água) em parceria com a empresa Design Piscinas de Curitiba.

Segundo Alessandro Antoniolli, sócio-gerente da Design Piscinas, a ideia principal do encontro foi apresentar um conteúdo completo para que os zeladores pudessem compreender a importância do tratamento de água das piscinas do início ao fim. “O tratamento da água é uma grande responsabilidade não somente do zelador, que normalmente executa o trabalho, como também do síndico, de todo o condomínio. Uma dosagem equivocada de produtos químicos, por exemplo, pode acarretar problemas sérios para todos os envolvidos”, explica Alessandro. “Infelizmente podemos dizer que, atualmente, 90% dos condomínios contam com uma equipe despreparada para realizar a manutenção diária adequada das piscinas”, acrescenta.

Para tanto que o zelador Sérgio Rosa de Oliveira, que marcou presença nesse novo encontro do Clube do Zelador, comentou sobre a importância da sua participação. “Eu nunca havia feito e nem acompanhado um tratamento de água e apenas lia livros ou buscava informações na Internet. Mas nesse encontro pude trocar experiências com os demais colegas da área, além de conhecer outros produtos, técnicas e dicas, as quais sempre são bem-vindas”, disse.

Já a preocupação da indústria é com a capacitação das pessoas para que o tratamento da água seja feito com muita responsabilidade. “Trabalhamos junto com os envolvidos para orientar como o tratamento deve ser feito tendo em vista a saúde e o bem-estar deles e dos banhistas. Assim, verificamos se estão fazendo o tratamento corretamente, se estão utilizando os equipamentos de segurança, os EPIs, e se sabem usar o nosso produto”, complementa Adriano Santos, representante comercial da Genco para a região sul do Paraná.